Transporte a sua bike de forma segura

Levar a bike para os finais de semana na praia ou no campo é uma exigência da maioria dos motoristas que buscam por sossego e tranquilidade nas férias de verão. Mas você sabe qual é a maneira correta de fazer este transporte sem oferecer riscos à segurança?

Antes de colocarmos a bike no carro é necessário verificar a capacidade de carga do seu veículo. Preste atenção nas informações contidas no manual e nas bagagens já carregadas, a sobrecarga do veículo ocasiona desgaste precoce de peças e pode até mesmo causar acidentes.

Além disso, segundo a regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito, é importante que ao ser acoplada ao veículo a bicicleta não deve atrapalhar a visibilidade da placa ou luzes e refletores, nem comprometer a estabilidade ou a condução.

Bikes transportadas na parte externa do veículo devem possuir dispositivos apropriados, podendo ser móveis ou fixos, e acoplados diretamente no veículo ou ao reboque. Estes dispositivos, chamados de racks, causam certas dúvidas ao motorista, confira as dicas que separamos para você sobre este assunto:

Antes de adquirir o suporte ideal para o seu veículo é importante analisar o caminho que vai ser feito e o tamanho do seu carro, nesta escolha devem ser levados em consideração os aspectos que citamos anteriormente, como visibilidade, segurança e tamanho.

Existem três tipos de suportes mais comuns: traseiro, de teto e acoplado ou engate. O rack traseiro é mais fácil de ser instalado e não é necessário que a bicicleta seja desmontada para o transporte, além de ser mais barato e mais prático é o suporte que requer mais atenção. Devem ser analisados a altura da bike, pois ela não pode encostar no chão durante o trajeto, e a visibilidade da placa, caso a placa seja afetada pela bike, é necessário o uso de uma segunda placa anexada a bicicleta.

O suporte de teto, normalmente utilizado em rodovias, possui um custo mais elevado, evita que a placa seja afetada e deixa a traseira do veículo livre, evitando perdas e colisões e facilitando caso o condutor precisa ter acesso ao porta-malas do carro. A utilização deste tipo de rack requer atenção do motorista pelo percurso, evitando galhos de árvores ou passarelas mais baixas.

E por fim, o suporte acoplado, ou chamado também de engate, sua principal vantagem e uma das razões que faz com que os motoristas escolham esse tipo de rack é o fácil acesso, já que não é necessária força para colocar a bike no suporte. Entretanto, este modelo compromete o acesso ao porta-malas após instalado e necessita de aprovação do Departamento de Trânsito (Detran).

Com essas dicas fazer o transporte da sua bike ficou muito mais fácil e seguro! Escolha o modelo adequado para o seu estilo de vida e principalmente para o modelo do seu carro e curta o final de semana sem preocupações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *