Cuidados que você deve ter com o estepe

Sempre falamos da importância de ter a manutenção dos pneus em dia, mas muitos motoristas esquecem de conferir as condições do estepe do carro, não é mesmo? Quando foi a última vez que você conferiu como está o seu? No post de hoje vamos passar algumas dicas e orientações sobre essa parte do carro.

O estepe nada mais é do que o pneu reserva do seu carro. Caso aconteça algo com algum dos pneus ele deve ser usado para substituir, tornando o processo muitas vezes mais rápido do que chamar o seguro. Além de servir como uma segurança/garantia, o estepe é um item obrigatório no carro previsto por lei. Caso você não esteja com ele no carro a punição prevista é de cinco pontos na carteira mais multa de R$195,23.

Para garantir que o estepe do seu carro está em boas condições é necessário conferir a data de validade. Pneus fora da validade podem causar ressecamento da borracha e consequentemente estouros ou danos ao carro, a data normalmente está escrita na lateral do pneu com as iniciais “DOT”. Lembrando que a validade dos pneus é de normalmente 6 anos, sendo usado este prazo também para o estepe.

Para evitar maiores problemas, sempre mantenha o estepe calibrado, pois mesmo estando guardado, este pneu também perde pressão conforme o tempo. A pressão indicada para o pneu reserva é informada no manual do veículo, mas alguns motoristas preferem calibrar com a mesma pressão dos outros pneus, ou um pouco acima.

O tamanho do estepe também é muito importante ser analisado, se o tamanho do aro dos pneus for alterado, é necessário que o estepe também seja alterado. Aros com tamanhos diferentes podem provocar desgaste precoce dos pneus e afetar a geometria do carro.

Com essas dicas o estepe do seu carro ficará sempre pronto para te ajudar, mas lembre-se, o estepe é um pneu reserva, não deve ser utilizado por muito tempo, o recomendado é que a substituição seja feita assim que possível.

 

Amortecedores, quando trocá-los?

Os amortecedores são peças fundamentais para o funcionamento do veículo, além de proporcionar conforto ao motorista e aos passageiros, eles também são itens de segurança, já que proporcionam estabilidade em grandes ou pequenas velocidades.

Por esses motivos, é necessário que essa parte do carro esteja com a manutenção em dia, para isso listamos algumas dicas que vão te ajudar na hora de fazer o reparo ou a substituição desse componente.

O desgaste desse recurso é feito de forma progressiva, e muitas vezes não é notada pelo condutor, mais alguns sinais alertam sobre a má condição dos amortecedores, entre eles a iluminação do automóvel, amortecedores comprometidos fazem com que os faróis dianteiros oscilem, e muitas vezes não iluminem a via de uma forma uniforme, o que pode levar a sérios danos e acidentes.

Além disso, a direção do automóvel é afetada quando os amortecedores estão em condições ruins, alguns dos sinais que o seu carro apresenta é a dificuldade do volante voltar a sua posição inicial após uma curva, a direção fica menos maleável, se tornando mais difícil para o condutor e o veículo começa a “fugir” das curvas, o que compromete a estabilidade e a segurança do veículo na estrada.

Vale lembrar que amortecedores em más condições podem afetar outras partes do automóvel, entre elas os pneus, os rolamentos das rodas, os apoios de motor, o chassi, entre outros. Por isso é necessária a manutenção dessa peça, já que ela pode comprometer outras partes do seu carro e ainda causar graves acidentes se não estiver em condições favoráveis de uso.

Alguns analistas indicam que a troca dos amortecedores deve ser feita a cada 40 mil quilômetros, mas tudo vai depender da frequência que o carro é usado e as condições das ruas que ele transita. Por isso é necessário levar o seu carro as revisões corretamente, esta é a melhor forma de evitar grandes problemas.

Evitar ruas esburacadas ou desviar dos buracos, dirigir devagar e não exceder o limite de carga do seu veículo também são dicas que evitam o desgaste precoce dos amortecedores, por isso fique atento, muitos prejuízos e acidentes podem ser evitados tendo os amortecedores do seu carro em perfeitas condições.