Quando devo trocar o escapamento do carro?

O escapamento é um acessório importantíssimo para todo veículo motorizado já que, além de reduzir o ruído gerado pelo motor, ele filtra a emissão de gases, garantindo o bom funcionamento do carro. Esse componente é acionado todas as vezes que o carro é ligado, então o seu desgaste é inevitável, surgindo a necessidade de uma manutenção ou da substituição.

          Se a manutenção for deixada de lado, há o aumento no consumo de combustível e, em alguns casos, é configurado como infração de trânsito, gerando multa e pontuação na habilitação. Por isso, fique atento. O escapamento possui uma vida útil de 5 a 10 anos, mas pode apresentar problemas antes disso, devido à oxidação ou ao uso de combustível adulterado.

          Para identificar algum problema logo no início e evitar custos mais elevados, preste atenção em alguns sinais que o seu veículo apresentará. O principal deles é a presença de barulhos muito altos vindos da parte de baixo do carro, que podem indicar que os tubos e ou miolo dos silenciadores estão furados. Outro sinal bem comum é o superaquecimento do assoalho, que aponta uma proximidade incorreta do sistema de escapamento com o chão, alguma corrosão ou alguma peça trincada. Um último sinal, o mais grave de todos e o que indica um desgaste mais avançado, é a trepidação. Ela pode significar problemas nos coxins ou nas borrachas que fazem parte desse sistema.

          Evitar esses problemas é simples. Mantenha a manutenção preventiva do seu veículo e faça uma checagem em casa a cada 3 meses ou a cada 20 mil quilômetros rodados. Uma atenção redobrada deve ser dada se você transita frequentemente por estradas muito esburacas ou se sofreu algum acidente na parte traseira do veículo. Caso o escapamento já tenha apresentado problema, não realize a manutenção por conta própria. Procure uma oficina mecânica especializada para evitar novos problemas. Mantenha sempre o seu carro e os seus componentes em bom estado de funcionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *