Transporte a sua bike de forma segura

Levar a bike para os finais de semana na praia ou no campo é uma exigência da maioria dos motoristas que buscam por sossego e tranquilidade nas férias de verão. Mas você sabe qual é a maneira correta de fazer este transporte sem oferecer riscos à segurança?

Antes de colocarmos a bike no carro é necessário verificar a capacidade de carga do seu veículo. Preste atenção nas informações contidas no manual e nas bagagens já carregadas, a sobrecarga do veículo ocasiona desgaste precoce de peças e pode até mesmo causar acidentes.

Além disso, segundo a regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito, é importante que ao ser acoplada ao veículo a bicicleta não deve atrapalhar a visibilidade da placa ou luzes e refletores, nem comprometer a estabilidade ou a condução.

Bikes transportadas na parte externa do veículo devem possuir dispositivos apropriados, podendo ser móveis ou fixos, e acoplados diretamente no veículo ou ao reboque. Estes dispositivos, chamados de racks, causam certas dúvidas ao motorista, confira as dicas que separamos para você sobre este assunto:

Antes de adquirir o suporte ideal para o seu veículo é importante analisar o caminho que vai ser feito e o tamanho do seu carro, nesta escolha devem ser levados em consideração os aspectos que citamos anteriormente, como visibilidade, segurança e tamanho.

Existem três tipos de suportes mais comuns: traseiro, de teto e acoplado ou engate. O rack traseiro é mais fácil de ser instalado e não é necessário que a bicicleta seja desmontada para o transporte, além de ser mais barato e mais prático é o suporte que requer mais atenção. Devem ser analisados a altura da bike, pois ela não pode encostar no chão durante o trajeto, e a visibilidade da placa, caso a placa seja afetada pela bike, é necessário o uso de uma segunda placa anexada a bicicleta.

O suporte de teto, normalmente utilizado em rodovias, possui um custo mais elevado, evita que a placa seja afetada e deixa a traseira do veículo livre, evitando perdas e colisões e facilitando caso o condutor precisa ter acesso ao porta-malas do carro. A utilização deste tipo de rack requer atenção do motorista pelo percurso, evitando galhos de árvores ou passarelas mais baixas.

E por fim, o suporte acoplado, ou chamado também de engate, sua principal vantagem e uma das razões que faz com que os motoristas escolham esse tipo de rack é o fácil acesso, já que não é necessária força para colocar a bike no suporte. Entretanto, este modelo compromete o acesso ao porta-malas após instalado e necessita de aprovação do Departamento de Trânsito (Detran).

Com essas dicas fazer o transporte da sua bike ficou muito mais fácil e seguro! Escolha o modelo adequado para o seu estilo de vida e principalmente para o modelo do seu carro e curta o final de semana sem preocupações.

Dicas sobre o abastecimento do carro

Algumas dicas sobre o abastecimento correto do veículo fazem com que problemas futuros sejam evitados, saber que tipo de combustível ou qual o comportamento e desempenho quando determinada composição é usada são sinais que ajudam a prevenir acidentes e imprevistos.

Saiba sempre qual é a procedência da gasolina, mesmo que na teoria este componente é igual em todos os postos de abastecimento, é comum achar alterações, as quais se usadas com frequência no veículo e possuírem componentes adulterados, podem trazer problemas como falhas na partida ou no desempenho do motor. Para evitar esses problemas, procure postos que possuem o selo da ANP, Agência Nacional do Petróleo, é ela que fiscaliza e confere se a composição do combustível está correta.

Além de combustível de qualidade, é necessário que o seu veículo seja abastecido na hora e com a quantidade certa, ficar muito tempo com o carro na reserva pode lhe trazer problemas, falta de gasolina na estrada, mais conhecida como pane seca, é considerado infração média, podendo ser aplicado multa e até mesmo a remoção do carro. Ao contrário disso, abastecer demais o seu veículo não é recomendado pelas montadoras, cada tanque possui a sua capacidade máxima. Para evitar problemas com o cânister, a peça responsável por filtrar os vapores, é necessário respeitar este limite.

Você sabe qual a diferença entre a gasolina aditivada e a gasolina comum? A gasolina aditivada possui mais aditivos e detergentes que a comum, os quais são responsáveis pela limpeza do motor e proteção contra atritos, fazendo com que as peças sejam conservadas por mais tempo. É importante saber que os aditivos não aumentam a potência da gasolina, apenas evita o acúmulo de resíduos no motor.

Além de todos esses pontos, é necessário analisar as condições das peças do seu carro. O filtro de combustível evita que impurezas entrem na câmara de combustão e estraguem o motor, para isso deve ser realizado a manutenção ou a troca deste componente. Com essas dicas a economia e eficiência do seu veículo será muito maior.

Dicas para deixar a pintura do seu carro sempre nova

Você sabe como proteger a pintura do seu carro e fazer com que ela pareça sempre nova? Com esse post nós vamos lhe ajudar a manter essa parte do carro sempre impecável.

Encerar o carro ajuda a proteger o verniz, o qual é a última camada e a que dá brilho a pintura automotiva, o verniz se afetado pode trazer ao seu veículo ressecamento da pintura, deixá-la com aparência fosca e estragar o brilho reflexivo que o carro possui.

Para que o seu carro não perca essas características, o primeiro passo para deixar a lataria em perfeitas condições é evitar deixar o seu automóvel exposto a chuvas, excesso de calor, componentes químicos, entre outros fatores. Se o seu carro permanece exposto a essas condições procure usar uma cera com longa durabilidade, a qual além de não precisar ser aplicada com tanta frequência, protege o verniz por mais tempo e permite a não fixação dos componentes que caem sobre a pintura, evitando manchas e danos.

Com o passar do tempo tanto a cera quanto a pintura do seu carro vão perdendo o seu efeito, mas como saber se a cera do seu carro está sendo eficaz? É simples, faça uma análise visual dos líquidos que caem sobre a lataria, se eles não escorregam com facilidade esse é um sinal de que deve ser feita a reaplicação da cera. Outra forma para saber se o seu carro precisa ser encerado é jogar um pano sobre o capô, ou uma parte inclinada do carro, se o pano ficar no mesmo lugar que foi jogado está na hora de encerar, se ele deslizar não precisa ser feita manutenção.

É importante ressaltar que a aplicação da cera deve ser feita de forma cuidadosa para evitar manchas na lataria, antes de encerar é preciso que o carro esteja limpo e seco. Para fazer a aplicação também devemos ter alguns cuidados, nunca faça a aplicação no sol e utilize aplicadores (esponjas específicas) ou panos de microfibra próprios para isso, se restarem dúvidas, procure um especialista no assunto.

Com essas dicas a lataria do seu carro vai ficar em perfeitas condições e protegida de todos os riscos e manchas fazendo com o que o seu carro fique novo por muito mais tempo.

Você sabe qual o significado de cada luz presente no painel do seu carro?

Muitas pessoas não conhecem o significado e qual o alerta que cada luz quer passar ao motorista, mas ter esse conhecimento é super importante para garantir a qualidade e eficiência do seu automóvel.

As cores da luz de cada indicativo também têm significado, as luzes vermelhas e laranjas indicam que algo está funcionando errado e o correto é procurar assistência imediatamente. Já as luzes amarelas indicam uma advertência, onde a assistência não precisa ser feita com tanta urgência, mas é recomendado fazer a manutenção próximo a você para não causar danos futuros. E por último, as cores azul e verde, elas são apenas informativas ou indicadores de direção.

 

Injeção – a luz da injeção eletrônica deve apagar após a partida, caso fique ligada, significa que o seu carro está com algum problema, o que pode causar aumento do consumo de combustível e maior emissão de gases poluentes. Por isso se essa luz persistir é importante levar o seu veículo em um mecânico para solucionar o problema.

 

Bateria – após o funcionamento do carro esta luz também deve desligar automaticamente, se ela persistir significa que a sua bateria está com problema e o seu carro não está sendo carregado como deveria.

 

Pressão do Óleo – esta luz indica que o nível de óleo do seu carro está baixo ou que está havendo problema de lubrificação, tome cuidado, pois problemas maiores podem surgir para o seu carro se isso não for resolvido.

 

Freio – este sinal indica que o freio do seu carro está acionado, mas também pode indicar que o fluído de freio está vazando, fique atento se mesmo com o freio não acionado a luz continua acesa, pode ser um sinal de manutenção no seu veículo.

 

Alta Temperatura – mais um sinal vermelho, e como já explicamos neste post, esta luz significa que o seu carro precisa de reparos urgentemente, ela indica que o motor do seu carro pode estar superaquecendo, este fator ocorre por falha nos sistemas de ventilação ou falta de água.

 

Baixo Nível de Combustível – o seu veículo também avisa quando o nível de combustível está baixo, fique atento, pois se o condutor parar em via pública por falta de combustível ele pode ser multado e ainda recebe alguns pontos na carteira.

 

Essas são algumas das luzes que o seu carro pode apresentar, lembre-se que cada carro pode ter símbolos e cores diferentes, vale ficar atento a cada alerta e solucionar o problema antes de qualquer acidente ou prejuízo futuro.

Câmbio manual ou automático?

Cada dia temos novidades nos carros lançados, seja um novo sistema de freios, um novo gadget interno, ou um novo sistema de transmissão, que é o nosso assunto de hoje.
Muitos modelos de carros, até alguns de entrada, já vêm de fábrica com a opção de câmbio automático, geralmente custando na faixa de 5mil reais a mais que o mesmo modelo com câmbio manual. Mas será que vale a pena esse investimento?

Continue lendo “Câmbio manual ou automático?”

É normal baixar o nível do líquido do radiador?

Checar o nível do líquido do radiador é uma atividade normal de quem tem carro, mesmo que você não faça sozinho, às vezes o frentista se dispõe a verificar enquanto seu carro é abastecido. E se seu sistema de arrefecimento estiver 100%, o nível do líquido estará exatamente no mesmo lugar da última verificação. Uma pequena baixa no líquido pode ser considerada normal, porém se você acaba completando com um copo cheio toda semana, provavelmente alguma coisa está errada.

Continue lendo “É normal baixar o nível do líquido do radiador?”