Danos de andar com o carro na reserva

O seu carro chegou na reserva, mas você ainda não foi abastecer? Será que esta prática de continuar rodando, mesmo com pouco combustível, traz alguma consequência para o veículo? É isso que nós vamos te explicar no post de hoje.

Muitos motoristas possuem o hábito de deixar o carro chegar ao nível de reserva para então abastecer, muitas vezes pelo fato dos postos de combustível contarem com grandes filas, ou por terem pouco tempo para realizar esta atividade. A quantidade da reserva do veículo é muito relativa, esta variação se diz pelo fato do modelo do carro ou da montadora, mas o comum encontrado é de 5 à 8 litros. Muitos pensam que a reserva se encontra em um tanque extra, mas não, ela é apenas uma porcentagem do próprio tanque do carro que quando alcançada a quantidade determinada faz um aviso aparecer no painel.

Como não é certa a porcentagem de combustível que ainda resta no tanque, fica difícil calcular qual a quilometragem que o veículo ainda consegue percorrer após o sinal de alerta ser emitido, por isso a reserva deve ser utilizada apenas para casos emergenciais, o recomendado é sempre procurar o posto mais próximo e parar para abastecer.

Os danos de transitar com o carro na reserva vão muito além de ficar sem combustível, vale lembrar que a pane seca, como é chamada quando o veículo para de andar devido à falta, é regulamentada como infração de trânsito pelo Código de Trânsito Brasileiro, podendo gerar multa para o condutor, com aplicação de pontos na carteira e remoção do veículo do local. Além disso, a prática de andar na reserva traz dados materiais, a bomba de combustível é uma das principais afetadas, pois ela é responsável por alimentar o motor, e utiliza o próprio líquido como meio de resfriamento. Se o tanque se encontra vazio, ou com pouco recurso, pode ser que o resfriamento não seja feito corretamente, provocando o superaquecimento das suas funções.

Outro ponto que devemos analisar é que as impurezas do combustível sofrem o processo de decantação, com isso toda a sujeira encontrada no líquido é acumulada no fundo do tanque, com a falta deste recurso a bomba de combustível pode levar ao motor sujeira e impurezas, provocando assim falhas tanto na bomba, como consequentemente no motor do veículo.

Quer evitar todo este prejuízo e não sofrer com a falta de combustível? O recomendado é abastecer o carro quando ele chegar à marca de ¼ do tanque todo, fazendo com que ele esteja sempre em um nível adequado e o carro continue rodando sem falhas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *