Cuidados que você deve ter com os freios do seu carro

Quais são os cuidados que você deve ter com os freios do seu carro? Listamos algumas maneiras de deixar esse recurso sempre novo e evitar acidentes e prejuízos no seu orçamento. Com os freios em ordem a chance de acidentes é muito menor, mas é importante lembrar que a manutenção dessa parte do carro deve ser feita por completo em determinados prazo. Pastilhas, lonas, discos e tambores fazem parte do freio e o motorista deve estar atento a essas peças.

Freadas bruscas desgastam mais rapidamente o disco, com base nisso é importante que o motorista tenha cuidado na hora de freiar, pois o tempo de conservação desse recurso depende da forma como ele é usado.

Outra parte muito importante do freio, é o fluído de freio, o qual é um óleo sintético que tem como sua principal função transferir a força feita pelo motorista no pedal para as rodas, ou seja, é o fluído do freio que aciona o freio e faz com que ele responda aos comandos do condutor. A troca desse fluído é sugerida que seja feita anualmente ou a cada 10.000km rodados.

Fique atento as pastilhas de freio, pastilhas desgastadas podem causar grandes acidentes e comprometer o sistema de freio do seu veículo, alguns carros, quando detectam que as pastilhas estão gastas acendem algumas luzes no painel, é importante estar atento a esses recursos e avisos para que o seu carro esteja em perfeitas condições.

Concluindo, fique atento a ruídos, luzes e o tempo que o seu carro leva para parar, muitos acidentes podem ser evitados quando a manutenção do seu carro está em dia.

Amortecedores, quando trocá-los?

Os amortecedores são peças fundamentais para o funcionamento do veículo, além de proporcionar conforto ao motorista e aos passageiros, eles também são itens de segurança, já que proporcionam estabilidade em grandes ou pequenas velocidades.

Por esses motivos, é necessário que essa parte do carro esteja com a manutenção em dia, para isso listamos algumas dicas que vão te ajudar na hora de fazer o reparo ou a substituição desse componente.

O desgaste desse recurso é feito de forma progressiva, e muitas vezes não é notada pelo condutor, mais alguns sinais alertam sobre a má condição dos amortecedores, entre eles a iluminação do automóvel, amortecedores comprometidos fazem com que os faróis dianteiros oscilem, e muitas vezes não iluminem a via de uma forma uniforme, o que pode levar a sérios danos e acidentes.

Além disso, a direção do automóvel é afetada quando os amortecedores estão em condições ruins, alguns dos sinais que o seu carro apresenta é a dificuldade do volante voltar a sua posição inicial após uma curva, a direção fica menos maleável, se tornando mais difícil para o condutor e o veículo começa a “fugir” das curvas, o que compromete a estabilidade e a segurança do veículo na estrada.

Vale lembrar que amortecedores em más condições podem afetar outras partes do automóvel, entre elas os pneus, os rolamentos das rodas, os apoios de motor, o chassi, entre outros. Por isso é necessária a manutenção dessa peça, já que ela pode comprometer outras partes do seu carro e ainda causar graves acidentes se não estiver em condições favoráveis de uso.

Alguns analistas indicam que a troca dos amortecedores deve ser feita a cada 40 mil quilômetros, mas tudo vai depender da frequência que o carro é usado e as condições das ruas que ele transita. Por isso é necessário levar o seu carro as revisões corretamente, esta é a melhor forma de evitar grandes problemas.

Evitar ruas esburacadas ou desviar dos buracos, dirigir devagar e não exceder o limite de carga do seu veículo também são dicas que evitam o desgaste precoce dos amortecedores, por isso fique atento, muitos prejuízos e acidentes podem ser evitados tendo os amortecedores do seu carro em perfeitas condições.

Ar Condicionado – Dicas para manter este recurso sempre novo

O conforto do ar condicionado é uma das exigências da grande parcela dos compradores de carros, muitos possuem esse item como obrigatório na hora de escolher o veículo dos sonhos, por isso alguns pontos na hora de fazer a manutenção dessa parte do veículo são de extrema importância.

Além de trazer problemas ao seu carro, um ar condicionado mal ou não higienizado pode trazer sérios riscos a sua saúde, como rinite, asma e em casos mais severos, pneumonia. Por isso, neste post reunimos algumas dicas que vão te ajudar a manter o ar condicionado do seu carro em perfeitas condições.

Como saber se o filtro do ar condicionado do meu carro precisa ser trocado?

Se o ar condicionado do seu carro não está desempenhando o mesmo trabalho que antes, como por exemplo, agora você precisa aumentar a potência do ar para ter o resultado que antes era lhe oferecido na primeira velocidade, ou quando você liga o ar condicionado sente cheiro de mofo, são sinais de que o seu ar condicionado precisa de manutenção.

Qual o prazo para a troca dos filtros e higienização?

Não tem nenhuma data certa para a troca dos filtros de ar feita pelos especialistas, mas dependendo do ambiente que o seu carro anda e a frequência do uso deste recurso o recomendado é que os filtros sejam higienizados ou trocados a cada 7.500km, ou até mesmo de 6 em 6 meses.

Quais produtos podem ser usados na higienização do filtro?

Atualmente temos no mercado sprays que realizam a higienização dos filtros de forma eficiente e rápida, os quais podem ser adquiridos em lojas de peças e acessórios automotivos, e a utilização pode ser feita pelo próprio condutor, mas lembrando que em alguns casos a higienização feita por profissionais é a melhor opção e garante uma limpeza mais profunda ao filtro.

Manter o ar condicionado do seu carro em perfeitas condições garante para você melhores condições de saúde e viagens mais agradáveis, por isso, realize a manutenção desse recurso sempre que necessário e procure especialistas sempre que tiver dúvidas sobre esse assunto.

Dicas sobre a troca de óleo e filtros do seu carro

Um dos procedimentos mais importante e talvez o menos investido em um carro é a troca de óleo e a substituição dos filtros, por isso resolvemos juntar algumas informações sobre estes processos que ajudam a prolongar a vida útil do seu veículo.

Óleos de má qualidade ou trocados de forma errada, fazem com que resíduos fiquem no reservatório e tragam maiores problemas. Outro alerta para os motoristas é que a melhor forma de não trazer prejuízos ao carro quando o assunto é troca de óleo é sempre trocar o óleo todo, e não completar com o óleo novo, caso precise completar, use sempre o mesmo tipo de óleo já presente no carro, neste processo se o óleo for diferente haverá contaminação e muitas vezes a eficiência não será a mesma.

Analisar o tipo de óleo que é usado no seu veículo também é importante, atualmente no mercado são oferecidos três tipos de óleos, mineral, semissintético e sintético, vale dar uma olhada no qual se adapta melhore qual está sendo indicado no manual.

Além da troca do óleo, é essencial a troca do filtro, pois é ele que impede a circulação de impurezas pelo motor, as quais danificam e podem trazer sérios problemas para o seu veículo, como o comprometimento de outras peças, que comparadas ao preço do filtro tem um custo elevado de manutenção.

Lembrando que a troca desses materiais deve ser feita conforme o que está sendo citado no manual do seu veículo.

Com essas dicas, usando materiais de qualidade e seguido por um serviço bom e de confiança o seu carro está pronto para rodar por onde você quiser, mas lembre-se a manutenção é o primeiro passo para prolongar a vida útil do veículo, faça ela periodicamente.

Informações necessárias que ajudam na vida útil da sua bateria

Como todas as outras partes do carro, a bateria também precisa de atenção redobrada, agrupada em uma caixa plástica e feita de placas de chumbo e solução de ácido, a bateria é uma fonte acumulativa de energia.

Cuidados com este equipamento devem ser feitos periodicamente e a duração deste tipo de recurso é de 2 a 5 anos, dependendo da frequência do uso do carro e os acessórios que o veículo possui.

Muitos dos serviços que o seu carro lhe proporciona são verdadeiros “ladrões” de bateria. Rádio, alarme, rastreadores e componentes elétricos são aparelhos que ficam sempre ligados, em uma corrente de stand by, ou seja, dependem da bateria 100% do tempo.

É importante lembrar que antes da instalação de novos serviços no carro, você deve analisar a capacidade da sua bateria, normalmente esta informação é encontrada no manual que acompanha o veículo.

Para carros que quase não são utilizados ou usados com uma baixa frequência o recomendado é desligar os terminais dos cabos das baterias, pois ela também é consumida enquanto o carro está desligado, pelos produtos citados anteriormente.

Outra maneira de fazer com que a bateria dure mais do que o planejado é sempre manter as capas protetoras, as quais geralmente são feitas de borracha ou plástico. Com estas capas os riscos de curto-circuito são diminuídos, os quais são causados pelo contato de objetos metálicos.

Outra dica importante para evitar a sobrecarga da bateria é evitar dar a partida com o farol ligado, pois a partida do carro é a parte que mais sobrecarrega a bateria e com as luzes acessas a sobrecarga é muito maior.

Vale considerar que usar produtos originais e recomendados para o seu veículo são essenciais, pois assim você está oferecendo ao seu carro um produto testado e com certificado de garantia, o qual tem menos chances de causar acidentes e prejuízos, além de durarem mais tempo e não danificarem outras partes do veículo.

[Top 5] – Dicas para manter o seu carro sempre novo – Disk Peças

Como todos os recursos, os carros também merecem um pouco da sua atenção. Cuidados básicos e rotineiros fazem com que o seu companheiro aguente muito mais tempo do que o analisado pelas concessionárias.  Listamos cinco dicas que com certeza vão fazer com que o seu carro continue muito mais tempo andando por aí. Continue lendo “[Top 5] – Dicas para manter o seu carro sempre novo – Disk Peças”

Câmbio manual ou automático?

Cada dia temos novidades nos carros lançados, seja um novo sistema de freios, um novo gadget interno, ou um novo sistema de transmissão, que é o nosso assunto de hoje.
Muitos modelos de carros, até alguns de entrada, já vêm de fábrica com a opção de câmbio automático, geralmente custando na faixa de 5mil reais a mais que o mesmo modelo com câmbio manual. Mas será que vale a pena esse investimento?

Continue lendo “Câmbio manual ou automático?”

É normal baixar o nível do líquido do radiador?

Checar o nível do líquido do radiador é uma atividade normal de quem tem carro, mesmo que você não faça sozinho, às vezes o frentista se dispõe a verificar enquanto seu carro é abastecido. E se seu sistema de arrefecimento estiver 100%, o nível do líquido estará exatamente no mesmo lugar da última verificação. Uma pequena baixa no líquido pode ser considerada normal, porém se você acaba completando com um copo cheio toda semana, provavelmente alguma coisa está errada.

Continue lendo “É normal baixar o nível do líquido do radiador?”

5 itens indispensáveis para deixar seu carro limpinho

Se você é apaixonado por carro, um dos momentos mais importantes para você com seu carro é quando vai fazer a limpeza do veículo, pretendemos com este conteúdo trazer informações uteis e dicas precisas para você deixar seu carro novinho em folha. Neste post separamos os itens de maior importância para você garantir a limpeza completa no seu veículo. Vamos lá!

Continue lendo “5 itens indispensáveis para deixar seu carro limpinho”